Jeferson Adriano

Fragmentos de uma vida, apenas fragmentos.

segunda-feira, 25 de março de 2013

Ao amigo José Augusto, Eu Amo Ipatinga

JOSÉ AUGUSTO DE MORAES

Nasceu dia 18 de março de 1952, em Teixeiras, cidade da Zona da Mata de Minas Gerais, situada entre as cidades de Ponte Nova e Viçosa, o historiador, JOSÉ AUGUSTO DE MORAES, mais conhecido entre seus amigos e familiares, como “ZECA”. Filho de Carlito Germano de Moraes e Rosa Schittini de Moraes. Morou em Teixeiras até os 11 anos de idade e após uma passagem por Timóteo, no final de 1963, veio morar definitivamente com os pais em Ipatinga. A casa era a de nº 7 e ficava na antiga quadra 5 (atualmente Rua Colômbia, 115), no bairro Cariru.

“Apesar da pouca estrutura da cidade, pareceia que estávamos chegando ao paraíso, porque a casa na qual moramos em Timóteo era muito prercária. Daquele dia para cá, adotei esta cidade como minha segunda terra natal. Aqui estudei no Colégio São Francisco Xavier, quando ainda era administrado pelos padres jesuítas; no Colégio Santa Mônica; no Colégio João XXIII; e retornei ao São Francisco, quando o mesmo já não era mais administrado pelos padres. Disse Zeca.

José Augusto trabalhou na Usiminas; na Usimec; na Companhia de Aços Especiais de Itabira – Acesita; na Prefeitura Municipal de Ipatinga; no Sindicato dos Metalúrgicos de Ipatinga – Sindipa; e na Câmara Municipal de Ipatinga. Iniciou sua carreira esportiva no Colégio São Francisco Xavier. Todos os sábados, após obrigatoriamente assistir a missa na parte da manhã, jogava futebol no antigo campo que existia em frente ao colégio. Posteriormente, fez parte de dois excelentes times de Voleibol nos colégios Santa Mônica e João XXIII. No futebol, jogou sempre no Cariru Esporte Clube, fazendo parte daquele time que, em 1967, foi o primeiro campeão da Liga Oficial de Esportes de Ipatinga. Como participação voluntária na comunidade, foi Diretor de Esportes do Cariru Tênis Clube por dois anos e meio; idealizador e coordenador da I e II Oriva – Olimpíadas Regional Interclubes do Vale do Aço; um dos fundadores da Liespe – Liga de Esportes Especializados de Ipatinga, e seu primeiro vice-presidente; um dos redatores do jornal “O Outro Lado”, jornal do Movimento Popular de Ipatinga; presidente da Associação dos Moradores do bairro Cariru por seis anos; idealizador da Famipa – Federação das Associações de Moradores de Ipatinga, da qual foi seu primeiro secretário e posteriormente presidente por seis anos; Conselheiro Municipal da Saúde, do orçameno; e ainda participou das dicurssões para a elaboração da atual Lei Orgânica do Município de Ipatinga.

Em 2004, escreveu o livro “Ipatinga 40 anos” – A história de uma cidade que se cofunde com a construção de uma empresa siderúrgica. Em 2006, continuando a história de Ipatinga, escreveu o livro “Ipatinga 42 anos”. Escreveu e lançou em 2009, a Coletãnea – “Ipatinga Cidade Jardim”. Hoje, José Augusto dedica todo o seu tempo, a sua jornada pelo resgate da história de Ipatinga, da qual, lançará em 2014, a Coletãnea “Ipatinga Cidade Jardim - 50 anos”.

Art pos momentum


sábado, 9 de março de 2013